"“O amor é altruísta, é alimento para a alma. Quando se ama verdadeiramente, não importa onde e como você está. Sempre você irá praticar o bem pensando no seres amados.”"

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Sozinha...
E tendo apenas a noite por testemunha,
Vaguei pelas ruas da minha própria existência
À procura da paz.
Olhei a lua pra lhe sentir melhor,
E contemplando fixamente o mar,
Eterno abrigo dos sonhos meus,
Lancei toda minha vida em sua direção...
Assim estou Caminhando, sentindo
Escrevendo, escrevendo cartas de Amor
Porque nos momentos de solidão, de noites escuras
És você que procuro...
Geraldo Santos e Marihá 09/11/09

2 comentários:

Nega disse...

Lindo. Me identifiquei com este poema.É a minha situação. è simplesmente maravilhoso.Adoro suas obras.
Continue com esta arte de escrever, que é tão linda.Suas poesias me faz voar tão alto.
Obrigada pelo presente que nos é dado.
Beijos

Marihá disse...

Fico encantada quando meus amigos se vestem com meus escritos... Nega que maravilha você se identificar com o meu EU

Gosto de ouvir

http://www.youtube.com/watch?v=5hzgS9s-tE8