"“O amor é altruísta, é alimento para a alma. Quando se ama verdadeiramente, não importa onde e como você está. Sempre você irá praticar o bem pensando no seres amados.”"

sexta-feira, 8 de agosto de 2008


... Encontrei, esse antigo, que coisa, ate parece que foi escrito agora...rs*

Um dia...
Acordei,
E me senti, incompleta...
Me senti buscando...
Uma inquietação jamais vista,
Me senti querendo...
Um querer jamais sentido!
Segui tal querer nos confins de tudo...
Segui tal inquietação...
Em meus cantos e recantos,
Em meus mais ocultos recônditos,
Jamais respondida!
Senti tudo o que podia sentir...
Mas nada respondia!
Tal inquietação em mim.
Um dia...
Uma presença passou...
Respondendo,
Desinquietando,
Querendo,
E eu, então...
Te descobri!!!
Marihá em 04/02/07

Um comentário:

Celia disse...

Acho que o amor qdo chega é assim...desconcertante...rsss
lindo poema querida!
Beijinhos.

Gosto de ouvir

http://www.youtube.com/watch?v=5hzgS9s-tE8