"“O amor é altruísta, é alimento para a alma. Quando se ama verdadeiramente, não importa onde e como você está. Sempre você irá praticar o bem pensando no seres amados.”"

sábado, 26 de abril de 2008


A pior sensação é querer voar e estar presa.
Presa ao passado,
os pré-conceitos...
Medo...
Solidão...
Vazio...
Amarras que mais parecem correntes
Me impedem de alçar o vôo
O tão sonhado vôo de liberdade...
Em busca de realizações pessoais
Sonhos...
Amor de verdade!
By Célia.
Célia minha amiga, você leu meu coração no momento que escrevia esse poema? rs*
Quantos momentos tento alçar voos, mas estou presa, presa a tantas coisas. A vida é assim, nem sempre conseguimos realizar o que desejamos, mas não podemos desistir.

5 comentários:

Celinha disse...

Marih� querida... estou emocionada por ter postado um pouquinho do meu sentimento que talvez seja o de muitas mulheres que sentem o amor queimar nas veias e submetem-se a condi�es da vida real imposta pelo momento que vivemos.
Claro que isto n�o � definitivo, basta que n�o desistamos dos nossos sonhos e desejos!
Voe, pelo menos na imagina�o...nos manteremos vivas! rsss
Obrigada por este carinho.
�s especial!

Com carinho e admira�o deixo um beijo no seu cora�o.
C�lia.

Ni ... disse...

Nuvenzinha... amo vir ao teu cantinho... saio abastecida de emoções... Beijo

Marihá disse...

Célia, amei o que vc escreveu, como lhe disse parece que lia meus pensamentos no momento que escreveu. Merece destaque.

Marihá disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marihá disse...

Ni abastecer de emoções nos faz muito bem, tu sabes o quanto amo vc minha amiga.

Gosto de ouvir

http://www.youtube.com/watch?v=5hzgS9s-tE8