"“O amor é altruísta, é alimento para a alma. Quando se ama verdadeiramente, não importa onde e como você está. Sempre você irá praticar o bem pensando no seres amados.”"

quinta-feira, 3 de março de 2011


Folhas
Ilhada no calor da paixão
Entregue-me a brisa quente
Escrevo em folhas soltas sem formas
Traçando uma doce melodia num
doce canto
Fixada na calmaria das palavras
que se perdem
No passar do tempo
varrendo as memórias da alma
Ao redor de mim
Choro ao desejo nu...
Marihá 02/03/2011

4 comentários:

Maya Perry disse...

muito lindos seus poemas !
me segue por favor querida !

http://simpleplan17.blogspot.com
parabéns ao blog,é muito bom !

Maya Smith

Marihá disse...

Maya obrigada.
Com certeza te seguirei.
Bjo

Sotnas disse...

Olá Marihá, desejo que esteja tudo bem contigo!
Como sempre, simples e encantadores estes teus escritos. Sempre tão belos sentimentos expressados. "Fixada na calmaria das palavras que se perdem"
Gostei muito, inclusive desta frase!
Andei distante, não por querer, e sim por problemas no equipamento de interação virtual chamado pc.
Aos poucos todas as visitas estarão em dia.
Veja que já estou adiantando, por cá passei e simplesmente me encantei, sendo assim desejo a você e todos ao redor iluminada felicidade, obrigado pela amizade e carinho, abraços e até mais!

Marihá disse...

Sotnas pelas bandas de ca tudo muito bem e pelas bandas dai?...rs
As vezes a calmaria das palavras se perdem mesmo estando em nossos pensamentos.
Estava sentindo mesmo sua falta, afinal é um dos meus leitores assiduos...rs
Feliz em saber que era apenas pro problemas ténicos.
Novamente so tenho que agradecer sua presença sempre esperada.
Bjo carinhosos a você e aos seus

Gosto de ouvir

http://www.youtube.com/watch?v=5hzgS9s-tE8