"“O amor é altruísta, é alimento para a alma. Quando se ama verdadeiramente, não importa onde e como você está. Sempre você irá praticar o bem pensando no seres amados.”"

sábado, 16 de outubro de 2010

Esperança
enquanto o dia não consumir o que somos,
seremos apenas nós,
entre uma poesia e outra,
entre um beijo e outro,
desejando aquilo que nos consome
pela impossibilidade de concretizar-se
o amor, a paixão, o afeto,
travestido de hipocrisia,
esperando o frenético nascer do sol,
algum dia...
Lucca 12/10/10

2 comentários:

Célia Romera disse...

Ahhh! Lucca que gostosa esperança é esta...

Tbm carrego uma assim comigo rsss

beijos com afeto.

Célia.

Marihá disse...

Sou suspeita para falar de Lucca....rs*
Agradeço por ele. Tenho passado tudo que vocês escrevem, mas o tempo dele anda um tanto quanto louco.

Gosto de ouvir

http://www.youtube.com/watch?v=5hzgS9s-tE8