"“O amor é altruísta, é alimento para a alma. Quando se ama verdadeiramente, não importa onde e como você está. Sempre você irá praticar o bem pensando no seres amados.”"

domingo, 24 de outubro de 2010


Acordar e te sentir logo no amanhecer é como se o sol estivesse dentro de meu corpo. Algo entre nós já se faz cumplicidade, reciprocidade. Nossos olhares que dizem silenciosamente tanto sobre tudo. Compreensão e paciência que estamos dedicando um ao outro diariamente. Tanta poesia permeando o amor, poesia revelando desejos, revelando a necessidade de um abraço. Você começando a conduzir à fonte de todas as coisas, onde o desejo se origina. Desejando que com o passar do tempo, nada se míngua. Mesmo acreditando que não existe mais espaço pra mais nada, flui, cresce, e a necessidade de continuar falando do Amor, da delicadeza, da sutileza se faz presente. Vive amores, sonha amores, o Amor é a melhor experiência. Mesmo sabendo que o Amor não é definitivo, que o “para sempre” seja apenas “por alguns momentos”, quero sonhar que te Amarei e-terna-mente. Marihá

2 comentários:

Célia Romera disse...

Eterno é apenas a duração do momento que fica registrado (e)ternamente na lembrança!

Ai que tarde deliciosa estar aqui a te ler!

beijos

Célia.

Marihá disse...

Estava com saudade de você aqui no meu cantinho...
É tão gostoso guardar eternamente esses momentos tão simples, mas profundamente encantados...
rs*

Gosto de ouvir

http://www.youtube.com/watch?v=5hzgS9s-tE8