"“O amor é altruísta, é alimento para a alma. Quando se ama verdadeiramente, não importa onde e como você está. Sempre você irá praticar o bem pensando no seres amados.”"

domingo, 21 de março de 2010


Era as loucuras que me prendia nas horas do prazer
Eram os ponteiros que marcavam quando ganhar ou perder
Foi o oposto do que sou que me levou a você
Sou a voz que te sussurra em noites frias
Sou o teu riso em monótonos dias
Quem sabe uma sinfonia
De sonhos, doces e companhia
De ventos, e venenos
A maior parte do menos
Quem sabe uma bela atriz
Ou sua eterna cicatriz
Sou todas elas que pensar
Quem sabe o tudo
Ou só o escuro, o obscuro
Quem sabe um nada
Ou as máscaras da tua cara
Eu sou o infinito
O teu aflito
Eu sou o mar
E todas as belezas de um olhar
Eu sou
Eu sei
Eu sou
Marihá 18/03/10

5 comentários:

Polaka disse...

Me encanta o encanto que tem este blog... ahhh! me refaço sempre que venho te visitar!

Meu carinho, admiração e amizade sincera.

beijnhos!

Célia.

Marihá disse...

Essa é a intenção deste cantinho, encantar quem o visita...rs*


Meu carinho, admiração e amizade sincera, também.

Beijo querida

Paulo Tamburro disse...

NARIHÁ, você escreveu:

-"Foi o oposto do que eu sou que me levou a você",

então viva os opostos, os contrários, fora as cara metades, o sermão do religioso, a consagração da beatidude.

Vivamos a loucura na sua penitude, esqueçamos as distâncias, repudiemos a veneração da lua, a celebração do sol, queremos chuva,frio intenso ao invés
do calor aconchegante.

Sabe porque este desabafo,Marihá, e porque Apucarana fica longe e eu fico me perguntando a razão destas fatalidades só a acontecerem
comigo(rs).

Um beijo carioca, bem próximo com gosto de Nha-Benta.

Marihá disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marihá disse...

Hehehe... Paulo você é encantadoramente discarado... seus comentários são simplesmente maravilhosos, venha sempre aqui.
Amo ser essa contradição
Nasci em pleno verão, mas sou apaixonaderrima pelo inverno.
Nasci durante o dia, mas amo loucamente a lua.
É essa sou eu...
Ainda vou provar NHA BENTA ai no Rio.
Beijo dessa paranaense que não fala porrrrrrrrrrrta...hehehehe

Gosto de ouvir

http://www.youtube.com/watch?v=5hzgS9s-tE8