"“O amor é altruísta, é alimento para a alma. Quando se ama verdadeiramente, não importa onde e como você está. Sempre você irá praticar o bem pensando no seres amados.”"

sábado, 7 de novembro de 2009

Se me admira,
se reconhece minhas perfeições
se vê minhas impossibilidades,
se nos reconhecemos,
fique assim,
em silencio
sondando meus pensamentos!
Marihá 06/11/09

2 comentários:

Célia Romera disse...

É incrível como me identifico com seus escritos...perfeito, caem no momento exato, qdo falta-me as palavras é aqui que me alimento, me refaço e desfaço das tristezas, volto a realidade encantada e transbordando inspiração. rsss

Que linda que é sua alma...

beijos meus...
Célia.

Marihá disse...

Célia, dizem que os verdadeiros poetas são aqueles que conseguem ler a alma de seus leitores, não sou poeta, estou longe de ser uma poeta... Mas escrevo o que fala minha alma, e talvez existe muitas outras parecidas com a minha por isso a identificação, não somente a sua identificação com a minha, mas de outras pessoas.

Chamo isso de Afinidades, afinidades de almas, de amigos...

Feliz, extremamente feliz em saber que consigo vesti-la com meus escritos...

Gosto de ouvir

http://www.youtube.com/watch?v=5hzgS9s-tE8