"“O amor é altruísta, é alimento para a alma. Quando se ama verdadeiramente, não importa onde e como você está. Sempre você irá praticar o bem pensando no seres amados.”"

terça-feira, 14 de outubro de 2008


José Claudio... é seu... espero que tenha chegado perto do que você imaginava... como lhe disse foje um pouco da linha que tenho...Mas foi feito de coração...

Quem é ela
Que mora na floresta,
com orvalho rega as flores,
e com os duendes colhe as mais belas...
Quem é ela
Que brinca com as joaninhas,
mas da Maria-fedida voa longe,
e com as borboletas faz vôos brilhantes...
Quem é ela
Que aparece quando você deseja,
e adormece quando você esquece...
Quem é ela
Que no outono embala,
no inverno descansa,
na primavera canta,
e no verão traz esperança....
Quem é ela
Que tem essência mágica,
que percorre seus sonhos,
criando cenários envoltos de beleza,
lago azul, peixe dourado, beijo estrelado...
Quem é ela
Que brinca, pula, senta e voa,
voa nos mais profundos desejos e segredos
do Amor...
Quem é ela
Que canta, dança e encanta,
com seu canto, embala a todos,
até os animais mais zangados
suspiram por ela...
Quem é ela
Que tem o sorriso encantador,
e olhar brilhante...
Quem é ela
Que adormece entre as nuvens de algodão
e te faz sonhar neste momento
de sonho e magia?...
Quem é ela?
É a pequena Fada
que mora na terra do nunca,
na terra do faz de conta...
E que so aparece quando
seu coração se abre para magia...
Magia....chamada Vida!
Marihá 14/10/2008

3 comentários:

ppinto22 disse...

Linda poesia!
Só podia vir de você!
Bjs!

Gaby Soncini disse...

Fiquei me pergutando quem era ela no poema inteiro,e quando no final a imagem da fada veio me deixou emocionada,além de adorar fadas amei como você escreveu essa poesia.

Grande beijo.

Celia disse...

Muitas pessoas já experimentaram nesta vida a sensação de
sonhar acordada, de dormir olhando as estrelas e ficar com os olhos brilhando, acordar com aquele sorriso de
borboleta azul estampado no rosto... rsss
é esse o efeito da sua poesia...encanto e magia! :D
E isso nada mais é... do que a manifestação pura e simples do amor pela arte.

Amei a poesia Fadinha!

Beijos da amiga
Célia.

Gosto de ouvir

http://www.youtube.com/watch?v=5hzgS9s-tE8