"“O amor é altruísta, é alimento para a alma. Quando se ama verdadeiramente, não importa onde e como você está. Sempre você irá praticar o bem pensando no seres amados.”"

sábado, 22 de setembro de 2007

Quando você ama alguém tão profundamente ele se torna parte de sua vida.
E é fácil sucumbir a medos opressivos internos cegamente.
Eu imaginei que poderia te manter dentro de um vidro.
Agora entendi que para ter você eu preciso abrir minhas mãos
e ver você subir.

Abra suas asas e prepare-se para voar.
Porque você se tornou uma borboleta.
Voe livremente rumo ao sol,
Se você voltar para mim,
Verdadeiramente éramos para ser...
Eu aprendi que a beleza tem que florescer na luz.
Cavalos selvagens devem correr livres ou seus espíritos morrem.
Você deu-me a coragem para ser tudo aquilo que sempre quis.
E sinceramente sinto que o seu coração irá conduzi-lo de volta para mim,
quando você estiver pronto para pousar.
Então abra suas asas e voe.
Não posso fingir que estas lágrimas não estão caindo sem parar.
Não posso evitar essa dor que está me consumindo,
Mas suportarei e direi adeus, porque você nunca será meu
até que você aprenda VOAR.

Maria Apª Marcato

É... quando amamos devemos deixar a pessoa amada livre...
livre como uma borboleta.

Um comentário:

Ricardo Leal disse...

Mary
Seus textos e seu blog estão cada vez melhores.Parabéns!

Gosto de ouvir

http://www.youtube.com/watch?v=5hzgS9s-tE8